Lendo o livro “O 8º Hábito – Da Eficácia à Grandeza”, de Stephen Covey, me deparei com os Dez Mandamentos Paradoxais (The paradoxical commandments), que Kent M. Keith escreveu em 1968. Achei muito interessante e resolvi compartilhar com os leitores do Fluindo.

1. As pessoas são ilógicas, irracionais e autocentradas.

Assim mesmo ame-as.

 

2. Se você fizer o bem, as pessoas o acusarão de ocultar motivos egoístas.

Assim mesmo faça o bem.

 

3. Se for bem sucedido, você ganhará falsos amigos e verdadeiros inimigos.

Assim mesmo seja bem sucedido.

 

4. O bem que fizer hoje será esquecido amanhã.

Assim mesmo faça o bem.

 

5. A honestidade e a franqueza o tornam vulnerável.

Assim mesmo seja franco e honesto.

 

6. Os maiores homens e mulheres com as maiores idéias podem ser abatidos pelos menores homens e mulheres com as mentes mais medíocres.

Assim mesmo pense grande.

 

7. As pessoas têm consideração pelas vítimas, mas só seguem os bem-sucedidos.

Assim mesmo lute por algumas vítimas.

 

8. O que levamos anos para construir pode ser destruído em instantes.

Assim mesmo, construa.

 

9. As pessoas precisam mesmo de ajuda, mas quando os ajudamos podem nos atacar.

Assim mesmo, ajude-as.

 

10. Dê ao mundo o melhor que tem e levará um soco na cara.

Assim mesmo dê ao mundo o melhor que tem.


Marco Lang
Marco Lang

Empresário e Mentor de Alta Performance. Faixa preta em produtividade (sem blábláblá).

    2 replies to "Os 10 Mandamentos Paradoxais"

    • Marco A Darvas

      Cuidado com a dica # 9. Ajude a quem te pede ajuda, pare com a mania de querer ajuda quem não pede.
      Ajude o que você sabe, pode e somente o que a pessoa precisa.
      Marco A Darvas

      • Marco Aurélio

        Bem colocado, Marco. Parabéns pela observação.

        ABRAÇO

Leave a Reply

Your email address will not be published.