BOSS: um framework inédito para você atingir todo seu potencial trabalhando em casa, mesmo com as distrações do home office

Aposto que você é daquelas pessoas que já descobriu que trabalhar em casa não é o conto de fadas que te contaram.

Espaço inadequado, interrupções, procrastinação, sem horários fixos… 

Pior de tudo é procurar ajuda na internet e só achar conteúdos bunda mole com dicas superficiais do tipo “não trabalhe de pijamas”, “faça listas de tarefas”, “não trabalhe na cama ou sofá”, entre outras super sacadas 🥱

Se você está procurando mais desse papinho de coach este artigo não é para você.

Agora, se você procura uma solução definitiva, um verdadeiro guia, apresento o framework BOSS, que se adapta às suas singularidades e necessidades de produtividade trabalhando em casa, continue lendo…

O que você encontrará aqui

Escrevi este artigo pensando nas pessoas que trabalham em casa em seus projetos próprios, seja num negócios de tempo integral ou projetos paralelos (freelancers, por exemplo).

O framework BOSS que te apresentarei é para gente que é seu próprio chefe trabalhando em home office.

“Você pode pensar que é seu próprio chefe, mas provavelmente está sendo seu próprio escravo e nem tenha se dado conta disso.”

Lang, eu mesmo kkk

Então o que aprenderá nesse artigo não serve para empregados que trabalham de casa?

Não que não possa ser aplicado por essas pessoas, porém como essa não é minha realidade há anos, resolvi focar no que tenho real autoridade: tocar um negócio próprio de sucesso a partir da minha casa.

E é justamente por isso que as pessoas que mais se beneficiam com a leitura deste artigo são infoprodutores, engenheiros, designers, youtubers, arquitetos, vendedores, freelancer, videomakers, escritores, jornalistas, blogueiro, fotógrafos, e por aí vai…

Então se você é seu boss e trabalha em casa (ou sonha com isso), precisa ler este artigo até o final somente se:

  1. Quer fazer seu trabalho render o dobro que rende hoje;
  2. Quer trabalhar menos horas e curtir mais a vida;
  3. Cansou de ficar p*** da vida com a situação atual.

Mas chega de disclaimer e vamos ao que você aprenderá aqui:

Não quero perder um tempão me apresentando – até porque se você digitar Marco Lang no Google vai descobrir mais sobre mim – por isso criei o gráfico abaixo para te mostrar visualmente minha trajetória nesses últimos anos.

Produtividade trabalhando em casa - framework

No gráfico é possível ver que estou em forte ascensão financeira nos últimos anos.

Mas isso NÃO é importante para você!

Importante é você visualizar que quando comecei a me dedicar a meu negócio próprio trabalhando em casa minha renda caiu significativamente (dá até vergonha falar nisso).

Porém mais importante é você ver o ponto de virada, onde comecei a reverter a tendência de queda.

Observe que foi o framework que criei e estou te mostrando neste artigo que me colocou em uma rota de crescimento que não parou mais.

Aqui está a beleza de conseguir atingir todo o seu potencial trabalhando em casa: você ganha muito mais dinheiro enquanto aumenta incrivelmente sua qualidade de vida.

Também não preciso mais ficar trabalhando até altas horas nem me estressando com o ambiente a minha volta.

Não falo isso para me gabar, e sim para inspirar você.

Então se isso tudo parece interessante para você, deixa eu te explicar como cheguei ao framework BOSS e depois detalha-lo passo a passo:

A história de como fui de “peão de empresa” para dono de negócio com faturamento de R$ 1 milhão trabalhando em casa

Em 2014 estava empregado na área de design de uma empresa do ramo da moda. A vida andava com certa morosidade: não tava ruim mas estava longe de ser o que eu sonhava.

… até acontecer algo que me fez arregaçar as mangas e ver que algo precisava ser feito!

Minha esposa estava grávida de nosso primeiro filho 😱😱😱😱😱

Isso NÃO me fez colocar a mão na consciência, como muitos dizem. Me fez sim colocar a mão na carteira e constatar que não tinha o suficiente para 3 seres humanos lá dentro.

Nesse momento a conclusão não foi outra: preciso trabalhar mais.

Como estava trabalhando no emprego diariamente 8 horas e 48 minutos, me restava tempo somente a noite para fazer alguns “bicos” em casa.

Comecei a oferecer meus serviços de design para amigos: criação de cartões de visita, logos, sites, gestão de redes sociais, e dezenas de outros serviços relacionados.

No começo até deu uma graninha, porém acabei deixando a bola cair (como vocês viram no gráfico anterior).

Minha renda ao invés de crescer começou a cair por questões como:

  • Excesso de clientes com diferentes objetivos e necessidades;
  • Distrações e desorganização pessoal;
  • Falta de foco e nenhum posicionamento no mercado;
  • Atraso nas entregas dos trabalhos (baixa produtividade);
  • Cansaço e estresse de trabalhar em um lugar “inadequado”;
  • Falta de um cronograma e disciplina.

Vários problemas para resolver, né?

Corri para o Google atrás de respostas e cheguei a conclusão cagada de que tudo que me faltava era gestão de tarefas e administração de tempo.

Culpa de artigos “bobinhos” que falavam de produtividade como se fossemos vacas amarradas em estábulos com música clássica ao fundo para produzirmos mais leite.

E vídeos toscos no Youtube de dicas/sacadas dadas por pessoas “super motivadas” dando pulinhos e sorrindo o tempo todo.

dicas para trabalhar em casa com produtividade

Óbvio que mesmo colocando em prática essas “sacadas” não consegui aumentar minha produtividade, muito menos fazer meu negócio em casa dar dinheiro.

Pensei:

Não é possível que em um mundo onde cada vez mais as pessoas trabalham em casa não exista nada mais sólido do que dicas como “vista-se como se fosse trabalhar no escritório”, “não trabalhe no sofá ou cama”, “faça pausas”, entre outras coisas básicas que riscam somente a superfície da produtividade.

Parei de ouvir o papinho dos “gurus” da internet e fui conversar com pessoas que tinham alcançado os objetivos que eu estava buscando.

De 13 pessoas que tentei contato no Instagram ou Linkedin, somente uma me respondeu… mas essa pessoa mudou minha vida!

Essa pessoa acabou se tornando minha MENTORA – e grande amigo, até hoje – e me ensinou como despertar todo meu potencial através do respeito a minha singularidade.

Parece complicado né? Mas não é… te explico:

O blábláblá dos coaches, sacadas de “webgurus” e papinho motivacional de palestrantes não te traz resultado pois considera todas pessoas iguais (vacas de leite, talvez) ao invés de atender suas necessidades únicas e individuais.

Depois que meu MENTOR me mostrou isso, minha carreira e vida pessoal deram um salto…

…além disso, me fizeram criar este framework de produtividade – que posteriormente nomeei de BOSS – apresentado no artigo que já permitiu outras pessoas as quais ajudei na minha mentoria a darem saltos também – algumas inclusive saltos muito maiores do que eu.

Tudo isso respeitando a singularidade de cada pessoa ao invés de oferecer conteúdo enlatado.

Parece algo que você gostaria de tentar? Ótimo. Eu vou guiá-lo pelo processo, passo a passo.

Mas antes, preciso te contar algo que você talvez tenha esquecido:

Você é um animal: pode ficar bravo comigo, mas é a verdade

Lembra da história que acabei de te contar sobre como a maioria das pessoas que “ensinam” sobre produtividade tratam as pessoas como se fossem vacas amarradas nem estábulo, que para produzirem mais precisam receber uma massagem de vez em quando e ouvir música clássica?

A verdade é que você NÃO é uma vaca dessas… mas você continua sendo um animal – e eu também.

E como todo animal, temos necessidades básicas como: comer, beber água, dormir, pegar sol, se movimentar e fazer sexo.

Experimenta não fazer alguma dessas coisas por muito tempo para ver o que acontece:

Não vai ter técnica de produtividade, coach, curso, palestra, livro, hipnose, “sei lá o que” quântico que vai fazer você atingir todo seu potencial.

Sabe por que?

trabalhar em casa de forma produtiva
Se estiver pequeno pode dar zoom para ler os detalhes.

A imagem acima é conhecida como Pirâmide de Maslow, e os 2 primeiros “andares” dizem respeito ao seu lado animal.

Enquanto essa base não estiver ok, você não vai conseguir se dedicar às necessidades dos andares de cima, simples assim!

Então não pense em ter sucesso no seu negócio próprio trabalhando em casa se estiver mal alimentado, desidratado, cansado…

Ou seja, escute seu lado animal para conseguir executar o próximo passo deste workflow:

Como domar um animal complexo fazendo somente uma coisa

Agora você já sabe que dicas e sacadas arranham só a superfície do seu “problema” e por isso não vão te trazer o aumento de produtividade (muito menos sucesso no seu negócio trabalhando em casa).

Deixa eu te contar outra “novidade”: só atender a base da pirâmide não vai te satisfazer, pois você é um animal muito complexo.

Muuuuuiiiito mesmo!

Para te satisfazer por inteiro você precisa se sentir realizado, útil, feliz… ou o que mais você considera SUCESSO.

Aí está o ponto: o que é sucesso para você? Quer chegar aonde?

Você precisa responder isso. Na verdade mais do que responder, você precisa ter CLAREZA quanto a isso.

Mas cuidado, não estou falando de propósito de vida aqui – que é outra balela que a “Patrulha da Receita da Felicidade” prega.

Jamais perca tempo procurando um propósito para sua vida, pois possivelmente no fundo do seu coração ele já está claro, você só não consegue traduzi-lo em palavras.

“Propósito de vida é um sentimento, e não uma frase que pode ser escrita.”

Lang, eu dando uma de frasista novamente

Ou como gosto de pensar: você não encontra seu propósito, é seu propósito que encontra você 🙏

A única pergunta que você precisa responder agora é “aonde quero chegar?”

Lembra do gráfico? Depois que isso ficou claro para mim comecei a inclinar minha curva do crescimento profissional para cima.

Uma armadilha esperando você

O animal complexo costuma cair em uma armadilha na hora de definir o que quer.

E essa armadilha é querer muitas coisas!

Quando corremos atrás de um monte de coisas ao mesmo tempo, geralmente não alcançamos nenhuma.

Porém uma forma fácil de escapar dessa cilada é escolher 1 coisa por vez (ÚNICA META).

Não quer dizer que você deve abandonar todos seus sonhos e projetos profissionais e focar o resto da vida em uma única coisa.

Quer dizer que você deve ter 1 objetivo/meta por vez. Depois que alcançá-lo, parta para o segundo, depois para o terceiro, depois para o quarto… ad infinitum.

Já mentorei dezenas de profissionais e empreendedores, e por incrível que pareça a maioria tinha mais de 3 metas a médio prazo, porém estavam todas muito longe de serem realizadas.

“Eu estou escrevendo um livro. Estou finalizando meu site. Fazendo um canal no Youtube. Montando uma campanha de vendas. Fazendo o curso X….”

O que tem de errado com essas coisas? Nada!

Errado é começar tudo ao mesmo tempo e não conseguir acabar nada – ou pior, acabar só que sem qualidade.

Na minha mentoria essas pessoas passam pelo meu framework BOSS, selecionam 1 coisa, e fazem ela acontecer. Em 30 dias colhem mais resultados do que colheriam em um ano todo.

Parece mágica, né?

Mas fique esperto em relação a algumas particularidades quanto a ter CLAREZA DA META ÚNICA.

A clareza exige alguns ingredientes básicos, caso contrário sua meta será só um sonho inatingível:

  • Relevância: precisa dar aquele “tesão” só de pensar atingir o objetivo
  • Especificidade: nada de objetivos genérico tipo “quero ser feliz/rico/famoso”
  • Plausibilidade: precisa ser alcançável
  • Tempo: prazo realista para atingir esse objetivo

Exemplo de meta merda: “Quero vender para mais clientes” – é longe, complexo, genérico, não quantificável, sem ações diretas atreladas.

Exemplo de meta única foda: “Quero conquistar 10 novos clientes este mês” – é realista, possível, quantificável, tem prazo.

“- Mas Marco, isso são metas de curto prazo/médio prazo! E os objetivos de longo prazo, como ficam?”

Relaxa… comece pensando em metas mensais, depois expanda. O erro da maioria das pessoas é começar pensando “no futuro” e não conseguindo agir no presente.

Agora que você tem CLAREZA DA META ÚNICA, aqui está sua próxima tarefa:

Vamos por partes: ative seu modo Jack, o Estripador

Mesmo uma Meta Única de curto/médio prazo precisa ser dividida por 2 motivos:

  1. Mostrar os passos necessários;
  2. Motivar você durante a caminhada.

Não tente reinventar a roda. A técnica do “dividir para conquistar” é tão clichê e antiga quanto poderosa!Fazendo isso você estará convertendo sua meta em um PROJETO com começo, meio e fim.

Usando trello para se organizar no home office

Abra um novo quadro no Trello (clique aqui para criar uma conta gratuita) e escreva a meta no topo (1), depois nomeie a primeira lista/coluna como “Backlog” (2) e por fim liste todas as ações que farão você chegar nela (3).

Faça um verdadeiro brainstorming anotando tudo, mesmo o que seu senso crítico considerar besteira.

Depois chegaremos ao momento de separar o joio do trigo.

Esse rascunho que você estará fazendo nada mais é do que o primeiro passo na conversão de uma meta em PROJETO.

O próximo passo para seguir no framework é o mais duro deles, e justamente por isso que tantos mentorados meus tentam pular ele.

Mas como sou mau – do tipo que puxa até orelhas e dá petelecos – obrigo 😂 todos a criarem a “Lista do Não Fazer”:

Não fazer > Fazer

Assim como um leão não perde tempo plantando alface, você também não pode desperdiçar suas preciosas horas no home office fazendo coisas que não trarão resultado para você.

Então crie uma nova lista no mesmo quadro do Trello e chame-a de “NÃO fazer…”.

Lá você vai listar todos as coisas que jogam seu tempo no lixo.

Listar o que te faz perder o foco

Muito provavelmente você já sabe o que são essas coisas, mas segue uma listinha para te “iluminar”:

  • Redes sociais (Insta, Facebook, Linkedin…)
  • Notícias (rádio, tv, portais…)
  • Áudio e/ou vídeos (Youtube, Netflix, Spotify…)
  • Smartphone (notificações…)

Não se sabote com ideias como “não vou colocar o Instagram nesta lista, pois atendo clientes no direct”.

Se liga… essas coisas você NÃO VAI FAZER enquanto estiver trabalhando na sua Meta Única.

Quando NÃO estiver trabalhando no projeto da Meta Única fica por sua conta (e risco).

Mais adiante aqui no framework vou te mostrar a Redoma do Foco que facilitará sua vida trabalhando em home office, mesmo que sua casa seja um caos.

Antes preciso fazer você olhar cada ação do ângulo e distância correta:

Escopo de um predador: mudando o resultado olhando do ângulo certo

Trabalhar em casa traz uma flexibilidade muito grande, o que pode ser ruim ou bom, dependendo de como você lida com isso.

O ponto mais básico é você ter um horário para começar e um para terminar de trabalhar… só que isso é óbvio pra cacete, e sozinho não garante resultado nenhum.

Descobrir seu “Horário Nobre” é o que garante o máximo de retorno, e vai fazer seu negócio crescer e você faturar mais do que você sonha.

Meu Horário Nobre costuma ser das 7 às 11 da manhã. É quando minha “bateria” está no máximo.

E o mais louco é que quando começo às 8 horas, rendo menos. Na lógica dormir 1 hora a mais deveria deixar “minha bateria” mais carregada, porém não funciona assim.

Estranho, né?

Porém mais estranho é não existir receita de bolo para isso… cada pessoa deve respeitar sua singularidade.

Tem gente que produz melhor a noite, outros a tarde…

Por isso é tão tosco o 5AM Club, aquele “projeto” que alguns influenciadores tornaram modinha, onde dizem que você deve começar às 5 horas para ter um dia mais produtivo.

Mais uma balela enlatada para te vender alguma coisa (livro, curso, palestra…).

“Meu amigo entusiasmado em acordar cedo, levantou-se ao amanhecer e foi mordido por um cavalo”.

Mark Twain

Cuidado com esse tipo de solução genérica. Se fosse tão simples era só acordar cedo e ver a conta bancária bombar.

Respeite sua singularidade, abra o calendário (sugiro o do Google) e bloqueie o seu Horário Nobre colocando sua Meta Única lá, como fiz na imagem a seguir. 

Bloqueio dos melhores horários para se dedicar ao projeto mais importante

Uma dica extra é dentro do compromisso colocar o link para o seu quadro do projeto no Trello:

linkando o Trello com a Agenda do Google

Agora que bloqueou seu Horário Nobre monte seu cronograma diário em torno dele.

Ali estará seu escopo diário, porém seu foco precisa ser no ESCOPO SEMANAL.

Planejar a semana ao invés do dia ou do mês trás o ângulo exato para você conseguir se preparar para enfrentar todos desafios da sua Meta Única.

E vai ser justamente sobre isso que vamos falar agora. Como encaixar todas as atividades do seu projeto de Meta Única em sua rotina.

Um abraço no caos + diga não a sua lista de tarefas

A boa notícia é que você pode sim encaixar suas tarefas da Meta Única na sua agenda…

A má notícia é que provavelmente o caos acontecerá, pois enquanto estiver trabalhando na sua meta principal estará ignorando a sua tradicional lista de tarefas.

Mas isso não é um problema, pois eu sei que você pode conviver em paz com o seu caos se entender que ele é passageiro.

Te explico:

Dedicar as melhores horas do seu dia a sua Meta Única pode fu*** outros projetos e atividades suas.

Mas nunca esqueça que você escolheu se dedicar a essa meta pois ela no momento é a coisa mais importante para você, a coisa que mais terá impacto no seu resultado.

Para ilustrar voltamos ao exemplo de “conquistar 10 novos clientes este mês”.

Para cada dia você irá criar uma nova lista, e arrastar para dentro delas as atividades que precisam ser realizadas para a meta se cumprir.

Lista de tarefas no Trello para organizar o trabalho no home office
Tá vendo as etiquetas verdes nos cartões? Quer dizer que estão finalizados! É importante manter esse registro.

Outra coisa importante é não fazer outra atividade antes de finalizar a lista do dia. Por isso precisa estar atento a quantidades de coisas que colocar nela.

Seja realista e otimista ao mesmo tempo.

…e mantenha o foco no alto, usando a técnica que vou te mostrar agora:

A Redoma do Foco (mesmo que sua vida seja uma zona)

Já mentorei dezenas de pessoas que trabalham em casa, e de cada 10 delas posso dizer que 9 reclamam que a maior dificuldade do home office é o foco.

Se você for no Instagram ou Youtube pesquisar sobre produtividade trabalhando em casa, verá “os peritos” das sacadas/dicas falando dos vilões do foco: família e filhos querendo atenção; falta de um local dedicado somente ao trabalho; opções de lazer sempre a disposição…

Fala sério, sua família não é vilã mer** nenhuma… assim como a falta do escritório dos sonhos também não é desculpa.

Tenho um filho de 4 anos e uma filha de 2, sei bem como é a doidera de trabalhar com família em casa.

Daí vem a dica do coach: “– Mas você precisa conversar com sua família, para eles entenderem que precisam colaborar com você.

Claro, crianças de 4 e 2 anos entenderão um papo cabeça kkkkkkkk

O que você precisa entender é que a organização, o silêncio e a calmaria para ter foco trabalhando em casa deve estar DENTRO DE VOCÊ!

Se você tiver essas coisas externamente, melhor ainda – porém isso não é realidade para a maioria de nós mortais.

Por esse motivo que criei o que chamo de Redoma do Foco, que é uma bolha imaginária que vai permitir a você se concentrar mesmo em meio ao caos.

Quem lembra desse filme comenta no final do artigo kkkk

Pra não ficarmos só na teoria, deixa eu mostrar como eu, Marco Lang, crio a minha Redoma do Foco baseado nas minhas necessidades (SINGULARIDADE, lembra?).

Limite da envergadura

A primeira parte da Redoma do Foco crio tirando de perto de mim tudo que me distrai… e o que mais me distrai é o celular (possivelmente é seu caso também)!

Não precisa esconder as coisas que te distraem, basta medir sua envergadura e deixar dentro do seu alcance somente o que precisa para trabalhar.

usando o limite da envergadura para aumentar a produtividade pessoal

Olha essa ilustração acima que me deu um pu** trabalho para fazer 😂😂😂

A marcação que fiz na mesa é minha envergadura, que é onde alcanço sentado. Só fica dentro dela o que estou usando durante o pomodoro (falo disso mais adiante na seção BÔNUS) da Meta Única.

É tosco de tão simples… porém mais poderoso do que qualquer app para limitar internet no telefone.

Não seja cético, dê uma chance para essa técnica e veja a mágica acontecer.

Música geralmente atrapalha

Sei que você deve ter ficado bravo comigo depois de ler esse título.

Mas deixa eu explicar…

Durante anos trabalhei ouvindo música o dia inteiro nos fones de ouvido, não importando a tarefa que eu realizava.

Como sou meio paranóico, sempre que identifico um comportamento recorrente em mim me questiono como seria agir diferente.

Então parei de ouvir música durante o trabalho por uma semana e voilá… descobri que nas tarefas que exigem maior concentração a música atrapalha.

Porém não ouvir música me trouxe outro dano: agora eu escutava todos os sons ao meu redor.

Que dilema… com música, ruim, sem música, pior!

Foi daí que tive o insight lógico: o problema não está na música, e sim no tipo de música.

Então fui atrás de músicas que pudessem aprimorar meu foco…. e a boa notícia é que encontrei um padrão simples.

Música ruim para se concentrar tem letra e faz a gente cantar junto mentalmente.

Descobri que jazz instrumental, beats lo-fi, sinfonias (até música eletrônica, dependendo da tarefa) não atrapalham, muito pelo contrário, colaboram com a Redoma do Foco.

Inclusive compartilho abaixo algumas das minhas playlists favoritas no Spotify para trabalhar:

Outra opção é ouvir sons da natureza. No Youtube tem várias mídias com barulho do mar, vento, cachoeira, e por aí vai…

Não custa testar o que funciona melhor para manter você em sua Redoma do Foco.

OBSERVAÇÃO: Uma coisa é certeza para todo mundo que trabalha em casa: o fone de ouvido é seu melhor companheiro. Invista nele!

OBSERVAÇÃO 2: Ouvir podcasts, programas de rádio ou vídeo aulas enquanto trabalha é o suicídio da produtividade.

Pé no fundo rumo a resultados extraordinários

Antes de eu te passar os 2 Bônus Finais, quero te fazer uma recomendação:

O framework BOSS que acabei de te mostrar tem efeitos incríveis sobre sua produtividade, organização e principalmente resultado financeiro trabalhando em casa como seu próprio boss.

Mas, se liga!

Para libertar todo o seu potencial no home office é preciso duas coisas:

  1. seguir todos os passos;
  2. e dentro deles adaptar as práticas as sua singularidades.

Lembre que não somos vacas de leite que produzem mais seguindo “receitas de sucesso” padronizadas. O papinho de “levante sempre na mesma hora”, “não trabalhe de pijama”, “faça lista de tarefas”, etc. que você já enjoa só de ver foi escrito por chefes para empregados.

Como provavelmente você é seu próprio chefe, essas dicas superficiais não trarão resultado relevante para sua vida pois não levam em conta seu perfil.

Na mentoria BOSS eu aplico o framework que acabei de te apresentar as necessidades individuais de cada mentorado.

Se você está buscando um impacto positivo e profundo em seu negócio/carreira, saiba que minha mentoria pode te ajudar.

…em 30 dias você estará me enviando uma mensagem parecida com essa!

Na mentoria BOSS desenvolvo um plano de ação com ferramentas para dobrar sua produtividade e organização no home office em 30 dias.

Então se você quiser implementar tudo que aprendeu até aqui de maneira definitiva e rápida, me chama no Whatsapp (clique aqui) para juntos descobrirmos se a mentoria BOSS é ou não para você.

Caso o link acima não abra o Whatsapp, envie uma mensagem para mim no 51 99796-0303.

Ah… não posso finalizar esse artigo sem dar os 2 bônus que te prometi – ambos se encaixam na categoria “simples, porém muito poderoso”:

Power naps

Não importa se você estiver estressado, ou desfocado, ou com preguiça, ou até mesmo com dor de cabeça; os Power Naps vão “resetar sua mente”.

Eles consistem em uma simples soneca de poucos minutos que fará seu cérebro se reorganizar.

Mas cuidado, para o Power Nap funcionar esse “cochilo” precisa acabar antes de você cair em sono profundo.

Vai dizer que nunca aconteceu de você após dormir durante a tarde acordar “todo arrebentado”?

Isso NÃO é Power Nap, e provavelmente aconteceu porque você entrou no estágio do profundo do sono.

Segundo estudos do psicólogo James Maas, da Universidade de Cornell, o período ideal de um Power Nap é de 20-30 minutos.

“- Mas Marco, você faz Power Naps todos os dias?”

Não faço todos os dias, faço só quando sinto a necessidade de fazer.

Por exemplo, se estou com dor de cabeça ou quando tenho um grande desafio mental pela frente (a Nasa comprovou que nesses casos que os Power Naps trazer maior resultado).

O segundo bônus vem e vídeo:

Pomodoros

Gravei o vídeo abaixo para te “ensinar” pomodoro em 3 minutos.

Quando estou na minha Redoma do Foco trabalhando na Única Meta geralmente faço pomodoros estendidos.

Ou seja, ao invés de 25+5 eu dobro e faço 50+10… dependendo das características da tarefa, do seu trabalho e da sua singularidade sugiro testar diferentes períodos.

Quanto ao software que uso como timer, gosto do Focus 10 (gratuito para Windows aqui)

Existem milhares de outras opções, desde sites onde você não precisa instalar nada, até apps na lojinha de aplicativos do seus sistema operacional.

* eu particularmente não uso nenhum app para pomodoro no celular, pois como falei anteriormente o telefone é meu maior assassino de foco kkkk

E agora, José?

Te passo a bola: agora só depende de você atingir todo seu potencial trabalhando em casa (ou continuar com tudo como está).

Dei para você o framework que mudou tanto minha vida financeira, quanto pessoal e profissional…

…e também já mudou radicalmente para melhor a vida de dezenas de pessoas que passaram pela minha mentoria.

Inclusive deixo aberto o convite para você ter acesso a mim através da mentoria online BOSS.

Nela desenvolvo para você um plano de ação personalizado com ferramentas para dobrar seus resultados no home office em 30 dias.

Se você está buscando um impacto positivo e profundo em seu negócio/carreira, me chama no Whatsapp (clique aqui) que explico como funciona a mentoria online.

Caso o link acima não abra o Whatsapp, envie uma mensagem para mim no 51 99796-0303.

Abração e bora fazer acontecer!


Marco Lang
Marco Lang

Empresário e Mentor de Alta Performance. Faixa preta em produtividade (sem blábláblá).

Leave a Reply

Your email address will not be published.